SC Joias Finas

SC Joias Finas
Visite nossa fabrica. Grupo SC Brasil

domingo, 25 de julho de 2010

Já viu este filme antes?

Todos os dias uma formiga chegava cedinho ao escritório e pegava duro no trabalho. Ela era produtiva e feliz. Mas o gerente marimbondo estranhou a formiga trabalhar sem supervisão, e pensou: se ela era produtiva sem supervisão, seria ainda mais se fosse supervisionada! E colocou uma barata, famosa por prepar belíssimos relatórios e com larga experiência como supervisora.
A primeira preocupação da barata foi padronizar o horário de entrada e saída da formiga. Mas pra isso a barata precisou de uma secretária que a ajudava a preparar os relatórios; contratou também uma aranha para organizar os arquivos e controlar as ligações.
O marimbondo ficou encantado com a barata e pediu-lhe gráficos com indicadores e análise das tendências para mostrar nas reuniões. A barata contratou então uma mosca, comprou um computador com impressora colorida, e logo a formiga produtiva e feliz começou a se lamentar de toda aquela movimentação...
O marimbondo concluiu que era chegado o momento de criar a função de gestor para a área onde trabalhava a formiga produtiva e feliz. O cargo foi dado a uma cigarra, que precisou de um computador e de uma assistente (sua assistente na empresa anterior) para ajudá-la a preparar um plano estratégico de melhorias e um controle do orçamento para a área onde trabalhava a formiga, que já não cantarolava mais como antes.
A cigarra, então, quis convencer o gerente marimbondo a fazer um estudo de clima, mas o marimbondo, ao rever as cifras, se deu conta de que a unidade na qual a formiga trabalhava já não rendia como antes... Algo ia mal... E contratou então a coruja, prestigiada e famosa consultora, para que fizesse um diagnóstico da situação.
A coruja permaneceu três meses nos escritórios e emitiu um volumoso relatório, ao fim do qual concluía: Há muita gente nesta empresa! E o marimbondo mandou demitir... a formiga, claro! Porque ela andava muito desmotivada e aborrecida.


Silvio Calazans (12/04/1999)

Um comentário:

  1. Muito boa metáfora!!
    Onde existe apenas o gerenciamento dos processos, e a verdadeira liderança- aquela que inspira se torna nula, os bons talentos desaparecem. A Era Industrial já passou! Vivemos a era do Conhecimento, das pessoas. Quando tratamos de PESSOAS, não podemos pensar em DESPESAS; pensamos em INVESTIMENTO. Quando as pessoas crescem, a organização avança!
    Silvia Silveira

    ResponderExcluir